Rivotril Remedio – Para que serve Rivotril? Como funciona?

Rivotril Remedio

Remedio carbamazepina, amitriptilina , cefalexina, novalgina, cloxazolam, ajuda nos Transtornos do humor e  Transtornos de ansiedade. Entenda para que serve o clonazepam (Rivotril) em gotas e comprimidos, como ele deve ser tomado e quais são os seus efeitos colaterais. Saiba isso e um pouco mais sobre esse medicamento.

remedio rivotril

O que é Rivotril?

comprimido

Rivotril gotas, sublingual ou comprimidos é indicado no tratamento de crises epilépticas, espasmos infantis, transtornos de ansiedade e de humor, síndromes psicóticas, síndrome das pernas inquietas e da boca ardente e no tratamento de vertigens e distúrbios do equilíbrio, em adultos e crianças.

medicamento

Composição de Rivotril

pilula

Comprimidos de 0,5 mg
Princípio ativo: clonazepam…0,5 mg.
Excipientes: lactose, amido de milho, amido pré-gelatinizado, óxido de ferro amarelo, óxido férrico, talco, estearato de magnésio.

Comprimidos de 2,0 mg
Princípio ativo: clonazepam…2,0 mg.
Excipientes: lactose, amido pré-gelatinizado, estearato de magnésio, celulose microcristalina.

Como funciona?

Rivotril tem na sua composição Clonazepam, um composto que pertence à classe dos benzodiazepínicos, responsáveis por causar uma leve inibição do sistema nervoso central, que conduz a uma ação anticonvulsivante, levemente sedativa, relaxante muscular e tranquilizante.

Após administração oral, a ação de Rivotril inicia cerca de 30 a 60 minutos após administração, prolongando-se durante um período que varia entre as 6 e as 12.

 rivotril remedio

Para que serve Rivotril

remedio pra dormir

Distúrbio epiléptico

Rivotril® é indicado para tratar crises epilépticas e espasmos infantis (Síndrome de West).

Rivotril® também é indicado para:

Transtornos de ansiedade

  • Como ansiolítico em geral.
  • Distúrbio do pânico com ou sem medo de espaços abertos.
  • Fobia social (medo de situações como falar em público).

Transtornos do humor

  • Transtorno afetivo bipolar (fases de depressão e mania): tratamento da mania.
  • Depressão maior: associado a antidepressivos na depressão ansiosa e início do tratamento.

Síndromes psicóticas

  • Acatisia (inquietação extrema, geralmente provocada por medicamentos psiquiátricos).

Síndrome das pernas inquietas (desconforto ou dor nas pernas que leva a necessidade de movimentá- las, prejudicando o sono).

Vertigem e distúrbios do equilíbrio: náuseas, vômitos, desmaios, quedas, zumbidos e distúrbios auditivos.

Síndrome da boca ardente (sensação de queimação na parte interna da boca, sem alterações físicas).