Sifilis diagnostico – O diagnostico de Sifilis, Vdrl Positivo ou Negativo

VDRL – Diagnostico de Sífilis

vdrl – Saiba mais sobre diagnostico de sifilis, veja o vdrl significado e vdrl positivo e negativo, entenda mais ao ler esse artigo de vdrl sintomas. Tire muitas duvidas sobre essa doença sexualmente transmissível, DST. Seus sintomas, saiba se existe um tratamento e prevenção. Tire suas duvidas sobre VDRL também, esse exame de saúde que é necessário para o diagnostico

sifilis

O que é Sifilis?

exame

Sífilis é uma de muitas doenças que são sexualmente transmissíveis (DST). Essa é uma das doenças sexualmente transmissíveis mais comuns do mundo.

A sífilis é causada por uma bactéria Chamada Treponema Pallidum, é bom saber antes sobre ela, pois se não tratada a tempo, pode se espelhar por todo o corpo e causando graves lesões em órgãos internos, como por exemplo: Coração e o cérebro.

Quando não existiam antibióticos, a sífilis era uma doença cronica, de longa duração extremamente dolorosa e se tivesse em fase avançada, poderia prejudicar todos os sistemas do organismo, sendo assim muito temida por todo mundo.

Atualmente, porém, a sífilis é uma doença de fácil tratamento com antibióticos e com elevada taxa de cura.

sangue

Transmissão da Sífilis

dst

A transmissão da Sífilis é causada a partir do contato sexual sem proteção, é estimado que o risco de contagio para cada relação sem proteção seja de 30%.
Se houver feridas ou inflamações no órgão sexual, o risco dobra. A camisinha não é 100% eficaz para evitar a sífilis mas ainda sim é opção mais viável para prevenir.

diagnostico

O que é VDRL

remedios para sifilis

O exame VDRL, que quer dizer (Venereal Disease Research Laboratory), é um exame de sangue que tem finalidade de identificar a sífilis, ou lues, que é uma doença sexualmente transmissível. Esse exame também pode ser realizado para acompanhar quem já tem a doença. Pessoas que foram infectadas com sífilis em algum momento da vida possuem os anticorpos equivalentes à bactéria para a vida toda. Ou seja, mesmo pessoas que já estão curadas irão apresentar resultados positivos neste exame.

Por ser um exame de sangue comum, não há um preparo especial para a dosagem de creatinina. Se a amostra de sangue for usada apenas para dosar essa substância, não é necessária qualquer recomendação especial. Caso a amostra seja utilizada para outros exames, o laboratório provavelmente orientará acerca dos cuidados.

sifilis diagnostico

Como o exame VDRL é realizado

médico

O exame VDRL é feito com um simples exame ao sangue. Você precisa ir a um laboratório de análises clínicas e retirar sangue que deve ser analisado em laboratório.

Para a realização deste exame é recomendado jejum de 4 horas, mas que não é obrigatório, e o resultado do exame geralmente sai em 7 dias.

Não há nenhuma recomendação especial após o exame. O paciente pode fazer suas atividades normalmente. Caso a amostra de sangue seja utilizada para outros testes que exigiam jejum, o paciente poderá se alimentar após a coleta.

O VDRL costuma ficar positivo entre 4 e 6 semanas após a contaminação. Geralmente seus valores começam a subir uma a duas semanas após o aparecimento do cancro duro. Portanto, se o teste for feito um ou dois dias após o aparecimento da lesão da sífilis, o VDRL pode dar falso negativo.

doença

TRATAMENTO DA SÍFILIS

teste de sangue

A sífilis tem cura, se for tratada corretamente com antibióticos apropriados, de preferência, com penicilina.

O tratamento da sífilis é diferente dependendo do estágio estágio da doença:

Sífilis primária, secundária ou latente precoce = Penicilina benzatina (Benzetacil) 2.4 milhões de unidades em dose única
Sífilis com mais de 1 ano de evolução ou de tempo indeterminado = Penicilina benzatina (Benzetacil) 2.4 milhões de unidades em 3 doses, com uma semana de intervalo entre cada.

Os casos de sífilis com acometimento do sistema neurológico (neurossífilis) não devem ser tratados com penicilina benzatina, mas sim com penicilina G cristalina ou penicilina G procaína.

Doentes alérgico a penicilina podem ser tratados com doxiciclina (100mg 2x por dia por 14 dias) ou azitromicina (dose única de 2g), mas eles não são tão eficazes quanto a penicilina.